Trânsito em Itapuã: Haverá conscientização se não houver fiscalização?


O que tenho acompanhado nessas intervenções da administração pública são o atropelamento de etapas e a falta de responsabilidade com o dinheiro dos cidadãos.

Somos bombardeados o tempo inteiro com inúmeras propagandas para mostrar “rua asfaltada” e “operação tapa-buraco”. Por quê não campanhas educativas, de cunho social e relacionadas ao trânsito consciente por exemplo? Dizer que o povo não tem educação é sempre mais barato.

Enquanto isso, tome multa! Segundo a Transalvador, apenas neste ano foram aplicadas mais de 1200 multas só na Av. Dorival Caymmi. Aí fica a pergunta: O que está sendo feito para reduzir esse número?

Talvez seja a implantação da ciclofaixa na via, uma das mais movimentadas de Salvador, e que é praticamente a porta de entrada da cidade juntamente com a Av. Paralela. Ah, mas temos que incentivar o uso de bicicletas… tá bom, concordo, mas sem segurança alguma? Passamos a conviver diariamente com os acidentes.

Os comerciantes também não escaparam. O estacionamento utilizado pelos clientes ao longo da via, que antes era tido como o motivo da desordem do trânsito na região, milagrosamente se tornou uma ótima opção ao se restringir a 37 vagas, carinhosamente apelidadas de Zona Azul.

Vai vendo! Rum.

Eric.


Deixe uma resposta