RUA DA ILHA

Você conhece a Estrada Velha de Mussurunga?



RUA DA ILHA

 coluna-perspectivas

Eh… Itapuã está cheia de mistérios… Alguns deles, bem debaixo do nosso nariz. Digo isso porquê passei a vida toda transitando numa das mais importantes vias do bairro, sem realmente saber das curiosidades que marcaram a sua história. Estou me referindo a cordial Rua da Ilha, aquela do clube ASSALBA, do Campo da Ilha e do Acarajé da Dri.

Mas afinal, vocês conhecem a Estrada Velha de Mussurunga? Pois bem! Este era o nome antigo da Rua da Ilha. A estrada foi construída em meados da década de 40 e está intimamente ligada a história da Vila Militar. Em 1944, com a construção da base aérea de Salvador e do Aeroporto 2 de Julho, surgiu em Itapuã o seu primeiro adensamento populacional. Trata-se de um conjunto de habitações construído para receber os funcionários da base aérea, além de alocar os trabalhadores das obras do aeroporto. Nesta mesma década Itapuã também foi beneficiada com a construção da Avenida Octávio Mangabeira, em 1948.

vila militar

Casas da Vila militar antigamente
 

O contexto que envolve os temores de uma grande guerra (a segunda guerra mundial) e o desenvolvimento urbano da cidade, levaram ao surgimento de algumas vias estratégicas de circulação. Este é o caso da Avenida Aliomar Baleeiro, mais conhecida como Estrada Velha do Aeroporto, que liga a base aérea ao porto de Salvador. A Estrada velha de Mussurunga surgiu em paralelo a um antigo caminho rumo a Ipitanga.  Seu objetivo era ligar a vila dos sargentos ao local de trabalho dos seus moradores. O seu trajeto passa pela região do futuro bairro de Mussurunga. Daí vêm a sua denominação. Sabe o Km.17? O seu nome completo é Quilômetro 17 da Estrada de Mussurunga. Hoje não mais um trecho, e sim uma grande comunidade.

km17

Rua do Km.17
 

Em 1948, com a construção da Avenida Octávio Mangabeira, Itapuã começa a ganhar as conformidades de um bairro propriamente dito. A partir da década de 50, Salvador passa pelo seu boom de desenvolvimento econômico, dando início a uma série de transformações em todo o seu território. O governo do Estado deu início a implantação de um grande sistema viário que será fundamental para a expansão urbana de Salvador.  Já na década de 80, a construção da Avenida Dorival Caymmi será o principal responsável pela obsolescência da Estrada Velha de Mussurunga.

Nem mesmo o seu nome resistiu ao esquecimento. O que era estrada, agora, viraram ruas que escondem nas sombras um passado recente.


Deixe uma resposta